água viva

Água para o mundo

Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva (João 7:38).

Embora 70% do mundo seja coberto por água, menos de 1% dela pode ser ingerida por seres humanos. A conservação e o saneamento da água são questões cruciais em muitas partes do mundo, uma vez que toda a vida depende de água potável. Jesus saiu de Seu caminho habitual para apresentar a água que dá vida a uma mulher perdida. Ele deliberadamente escolheu ir a uma cidade em Samaria, um lugar onde nenhum rabino respeitável poria os pés. Lá, Ele contou a essa mulher sobre a “água viva”. Aquele que beber dela, disse Ele, “…nunca mais terá sede…”. Ela “…será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” (João 4:14).

A água viva é o próprio Jesus. Aqueles que o recebem têm a vida eterna (v.14). Mas a água viva que Ele oferece também tem outra função. Sobre quem a recebe, Jesus disse: “…do seu interior fluirão rios de água viva” (7:38). A água viva que nos refresca deve também refrescar os outros.

Assim como a distribuição de água doce no mundo é desigual, também é a distribuição de água viva. Muitas pessoas não conhecem os seguidores de Jesus que realmente se preocupam com elas. É nosso o privilégio de compartilhá-lo. Cristo é, afinal, a água viva de quem as pessoas estão sedentas.

Para refletir: Por que as pessoas não sabem que Jesus é uma fonte inesgotável de água viva para um mundo ressequido? Quantas pessoas podem estar dependendo de você para mostrar Jesus a elas?, quer seja através de uma palavra ou do seu modo de viver. Pense nisso!

Pr. Natanael Gonçalves

Fonte: min. rbc — CPH