provações

Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações (1 Pedro 1:6). 

Tenho escrito várias meditações que tratam do assunto das tribulações e provas. Se você procurar aqui no site, vai acha-las. No entanto, cada uma dessas devocionais, mesmo tratando do assunto em pauta, são abordadas de forma diferente. O povo de Deus precisa entender que elas são necessárias em nossas vidas e que em tudo há propósitos de Deus.

Se o Senhor permite uma prova, é porque ela é imprescindível. Ele não deseja que soframos sem propósito, mas quando está levando a cabo seus maravilhosos e eternos desígnios é para o nosso bem, para o de outros e para sua glória. O crente está na “escola de Deus”. Ele nos está forjando para que sejamos como seu Filho e transformando-nos dia a dia para que mostremos ao mundo como a Sua divina pessoa é. Em outras palavras, Ele está nos preparando para a nossa chegada ao Céu. Paulo escreveu aos Romanos  dizendo que, para nós, os crentes, “todas as coisas cooperam para o nosso bem” (Rm 8:28).

Lembremo-nos como se prepara um bolo. As nossas esposas ou mães, ou até mesmo alguns maridos ou pais familiarizados com a cozinha, utilizam em sua elaboração ingredientes que, sozinhos, não possuem um bom sabor, como por exemplo a farinha e o fermento. No entanto, outros são apetitosos, como o açúcar e as frutas, quando são usados. Deste mesmo modo, são as experiências que Deus desenha para seus filhos. Algumas são agradáveis e outras amargas. Todavia, todas contribuem para fazer um belo e saboroso “bolo” quando sai do forno.

Deus sabe do que necessitamos e o quanto podemos suportar. Ele também sabe quando se cumprirá o seu propósito em nós. Outro detalhe importante para atravessarmos com confiança as provas e tribulações é saber que quando passamos por esses momentos, Deus tem o controle tanto do termostato quanto do relógio. Ou seja, o tempo e a temperatura dessas aflições estão nas mãos do Altíssimo.  Portanto, qual deve ser a atitude do crente frente às situações adversas? Sei que não é fácil o que vou dizer aqui, mas quando temos o conhecimento de que o Senhor está no comando de tudo, resta-nos, então, o descanso e o gozo. 

Para refletir: Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações (Tiago 1:2). Note que o Espírito Santo, através de Tiago, está dizendo que temos que nos alegrar quando passamos por provações. Qual é a sua atitude em relação  a elas? 

No amor de Cristo Jesus, 

Pr. Natanael Goncalves