Quem há entre vós que tema ao SENHOR e ouça a voz do seu servo? Quando andar em trevas e não tiver luz nenhuma, confie no nome do SENHOR e firme-se sobre o seu Deus.  Todos vós que acendeis fogo e vos cingis com faíscas, andai entre as labaredas do vosso fogo e entre as faíscas que acendestes; isso vos vem da minha mão, e em tormentos jazereis (Isaías 50:10-11). 

Vivemos tempos difíceis. Precisamos desesperadamente do Senhor. As ações malignas estão por toda parte. Um rápido olhar sobre essas condições nos mostram muitas coisas. Não precisamos abrir páginas dos jornais para tomarmos conhecimentos de coisas desagradáveis. Eu e você conhecemos pessoas, de relacionamento próximo ou distante, com problemas tremendos. Lares que se desfazem pelo adultério, pessoas que se afundam nas drogas, homossexualismo, rebeldia de filhos, contas atrasadas, desemprego, enfermidades e até mesmo problemas com a lei. Que conhecido, amigo ou até mesmo familiar não enfrenta ou não está atravessando agora mesmo um desses problemas? E quando acontece em lares cristãos? Já vi gente chorar e voltar atrás. Já vi gente buscar outros caminhos, mesmo tendo dito que aceitaram a Cristo como Salvador e Senhor de suas vidas. Não conseguiram passar pelo fogo das adversidades. Lembrei-me da figura do oleiro. Sim, daquele que toma o barro e amassa-o bem, tirando os pedregulhos e moldando-o para formar um vaso. Depois de moldar, é necessário ir ao forno a uma temperatura bem quente. É nesse momento que muitos “futuros” vasos quebram. Não suportam a temperatura e se partem. Nada resta a ser feito. Aqueles, porém, que suportam o calor do fogo, são tirados e colocados à parte para esfriar. Depois disso, o oleiro pode colocar dentro deles o que quiser. Água ou óleo. Não importa, o vaso irá suportar o peso. Essa ilustração é uma metáfora da nossa vida cristã. Estamos sendo preparados e forjados pelo Senhor por meio das aflições. Muitos não suportam e se quebram, voltando atrás.

A mensagem de Isaías nos mostra exatamente esse contexto das lutas e tribulações. O Senhor nos diz no verso 10 que quando estivermos num lugar onde não vemos saída para a situação, devemos confiar nele e nos firmar sobre Ele. Esse é o tempo de confiar, orar e perseverar. Estamos no forno sendo  trabalhados pelas tribulações. Agora, preste atenção no verso 11: esses que não veem luz alguma, mas não confiaram no Senhor, acenderam uma tocha para iluminar o caminho. Isto representa as alternativas que as pessoas buscam para solução dos problemas, mas não esperam e nem confiaram em Deus. Como resultado, o vaso partiu e não presta para ser usado. Isso representa o juízo de Deus sobre aqueles que voltaram atrás. É isso que o Espírito de Deus nos diz em Hebreus 10.38: “Mas o justo viverá da fé; e, se ele retroceder, a minha alma não tem prazer nele”.

Para refletir: Você está enfrentando uma situação difícil neste momento? Como reage em meio a essa luta? Parece que não há uma luz no fim do túnel?

N’Ele, cujos os olhos passeiam por toda a terra para mostrar-Se forte para com os Seus,

Pr. Natanael Goncalves