oracaoeatitude

E enviou, e chamou a Baraque, filho  de Abinoão, de Quedes de Naftali, e disse-lhe: Porventura o SENHOR, Deus de Israel, não deu ordem, dizendo: Vai, e atrai gente ao monte de Tabor, e toma contigo dez mil homens dos filhos de Naftali e dos filhos de Zebulom? E atrairei a ti para o ribeiro de Quisom a Sísera, capitão do exército de Jabim, com os seus carros e com a sua multidão, e o darei na tua mão (Juízes 4:6-7). 

A maioria de nós imagina que só existe um método específico de Deus responder às nossas orações:

1)   Necessitamos de alguma ajuda.

2)   Pedimos ajuda de Deus.

3)   Ele envia a resposta que pedimos.

Embora Deus opere quase sempre dessa forma, Ele também nos responde de maneiras mais complexas. Foi o que aconteceu com os israelitas  na passagem que lemos acima. A resposta de Deus veio em forma de exortação para que o povo tomasse uma atitude corajosa. Veja, Baraque recebeu ordens de avançar e liderar um exército de dez mil homens para enfrentar o inimigo frente a frente. Deus podia ter exterminado todo o exército de Sísera no acampamento, mas decidiu convocar o seu povo para cooperar com Ele. O verso 15 nos mostra como o Senhor agiu em resposta à obediência de Baraque: 

E o SENHOR derrotou a  Sísera, e todos os seus carros, e todo o seu exército a fio de espada, diante de Baraque; e Sísera desceu do carro e fugiu a pé. 

Quando o Senhor derrotou o inimigo? Quando Baraque e seus homens desceram o monte, em obediência e fé, Deus cumpriu sua promessa. Deus continua agindo assim. Muitos estão orando, mas não estão agindo com fé. Aliás, oram, mas não conseguem ver a resposta se manifestando. Oram por alguma coisa, mas não agem com fé. A ação, a atitude e o comportamento condizente com a oração, demonstram a fé de quem se coloca diante de Deus por uma causa. 

Para refletir: Ao fazermos nossas súplicas, o passo que damos por fé, representa a certeza da resposta? 

N’Ele que trabalha através de Seus filhos, 

Pr. Natanael Goncalves