Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo… (Salmo 23.4). 

Na devocional de hoje, me desperta o motivo pelo qual Davi está confiante. Não é a esperança de que suas circunstâncias mudem, nem tampouco a ideia de que pode ter uma vida sem complicações, nem dificuldades. Ao contrário, Davi se dá conta que há uma boa possibilidade de atravessar pelo vale da sombra da morte. A fortaleza de sua postura frente a esse panorama, no entanto, é a convicção que ele possui de que o Senhor estará com ele, ainda nas piores circunstâncias.

Você já se deteve a meditar na quantidade de vezes que o Senhor disse “Eu estou contigo”? Os textos bíblicos onde encontramos esta afirmação parecem possuir algo em comum.   Cada um descreve uma situação que impunha temor ao protagonista dos acontecimentos. Jacó, por exemplo, tinha medo em voltar para sua terra porque seu irmão, Esaú, há muito, havia jurado mata-lo. O Senhor o visitou e lhe disse: “Eu estarei contigo” (Gn 31.3). Moisés, chamado a voltar ao Egito, sentiu temor porque cria que Faraó procurava sua morte. O Senhor lhe disse: “Eu estarei contigo” (Ex 3.12). Josué se sentia atemorizado pela enorme tarefa de guiar o povo à conquista da terra prometida. O Senhor lhe falou, dizendo: “Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo,  por onde quer que andares (Josué 1:9). Quando o Anjo do Senhor chamou a Gideão para libertar o povo de Israel do jugo midianita, este sentiu-se que nada era, para semelhante tarefa. Porém o Senhor lhe disse: “certamente Eu estarei contigo” (Juízes 6:16). O jovem profeta Jeremias sentia que era inútil a tarefa de proclamar a Palavra de Deus ao povo. Eram muitos que estavam contra ele. O Senhor, então, lhe recordou: “Pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti, porque Eu estou contigo… (Jeremias 1:19). Até o valente apóstolo se sentiu atemorizado pela oposição dos judeus em Atenas. Por meio de uma visão à noite, o Senhor lhe disse: “não temas, mas fale e não te cales, porque Eu estou contigo” (Atos 18.9,10a).

Vivemos tempos difíceis em todos os aspectos. A profecia de Paulo a Timóteo (2 Timóteo 3:1-6) se cumpre diante de nós. A violência impera em várias lugares e, diante disso, o sentimento de vulnerabilidade se instala. Na área econômica, a palavra de moda é crise. Resumindo, estes tempos, são tempos de angústia.

No entanto, o cristão verdadeiro, apesar das circunstâncias, pode afirmar confiantemente: “ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo”. Este tempo, tão difícil, carrega em si mesmo um valor inestimável para aqueles que desejam cultivar uma vida de maior dependência do Senhor. Esta é a sua oportunidade de entregar-se completamente aos cuidados do Pai e, descansar, pois Ele está contigo. 

Para refletir: Que momento pode ser mais apropriado que o presente para dizermos ao Senhor como Moisés disse: “Se a tua presença não for conosco, não nos faça subir daqui” (Ex 33:15). Muitas vezes nós não o sentimos. Também, nunca O vimos. Porém, Ele está conosco. Seguimos, então, sem temor algum! Aleluia! Glória a Deus! 

N’Ele que disse que estaria conosco até a consumação dos séculos, 

Pr. Natanael Goncalves