…aprendi a viver contente em toda e qualquer situação (Filipenses 4:11). 

Boécio viveu na Itália do século seis e serviu à corte real como político altamente qualificado. Infelizmente, caiu em desgraça com o rei. Ele foi acusado de traição e preso. Enquanto aguardava a execução, pediu materiais para escrever, para poder compor suas reflexões. Mais tarde, estas se tornaram um clássico espiritual sobre a consolação. 

Quando Boécio estava na prisão, ponderando sobre suas perspectivas sombrias, sua fé em Cristo inspirou-o: “Nada é miserável, exceto o que se pensa ser assim; e por outro lado, toda classe social é feliz se quem nela estiver, se contentar.” Ele compreendeu que é uma escolha pessoal a maneira como vemos as circunstâncias e o contentamento. 

O apóstolo Paulo reforçou a ideia de que a maneira como vemos as nossas circunstâncias é mais importante do que as próprias circunstâncias. Enquanto ele estava na prisão, também escreveu: “…aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Filipenses 4:11). Esses dois homens conseguiam se contentar porque a sua satisfação final encontrava-se em Deus, que nunca muda. 

Você está preso a circunstâncias difíceis? Deus pode lhe dar contentamento. A satisfação duradoura só pode ser encontrada nele, porque em Sua “…presença há plenitude de alegria, [em sua] destra, delícias perpetuamente” (Salmo 16:11). 

Para refletir: Se tudo o que você possui é o Senhor, então você possui tudo o que necessita. Se a primeira frase não é uma realidade para você, faça, hoje mesmo, de Jesus, o Senhor da tua vida. 

Em Cristo, o Rei do universo, 

Pr. Natanael Gonçalves 

Fonte: rbc – HDF