…santificai a Cristo […] estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós. —1 Pedro 3:15

 

Enquanto viajava de trem alguns anos após a Guerra da Secessão, o general Lew Wallace, do Exército da União, encontrou um colega oficial, Coronel Robert Ingersoll. O coronel foi um dos principais agnósticos do século 19 e Wallace era um homem de fé. Conforme a conversa se direcionou para o assunto de suas diferenças espirituais, Wallace percebeu que não era capaz de responder às perguntas e dúvidas levantadas por Ingersoll. Constrangido por sua falta de entendimento com relação à sua própria fé, Wallace começou a pesquisar as Escrituras procurando respostas. O resultado foi sua declaração confiante na pessoa do Salvador em seu clássico romance histórico Ben-Hur: uma narrativa de Cristo.

As perguntas inquisitórias dos céticos não precisam ser uma ameaça à nossa fé. Antes, podem nos motivar a buscar o entendimento mais profundo e nos equipar para responder sábia e amavelmente àqueles que possam questionar nossa fé. O apóstolo Pedro nos encorajou a buscar a sabedoria de Deus nas Escrituras quando escreveu: “…estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós […] com mansidão e temor…” (1 Pedro 3:15,16).

Não temos que ter respostas para todas as perguntas, mas precisamos de coragem, confiança e convicção para compartilhar nosso amor por Cristo e a esperança que está em nós.

Para refletir: Cristo é a sublime resposta para as grandes questões da vida.

Pr. Natanael Gonçalves

Fonte: Min rbc – WEC.