Desejai como meninos recém-nascidos, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação (1 Pedro 2.2).

Pedro afirma que todo cristão deve desejar a Palavra de Deus com a mesma intensidade que um bebê deseja seu alimento. Por que? Porque é a única comida que a sua natureza pode receber, como também ele a deseja com intensidade e frequência e, por fim, a sua vida depende dela. Se um bebê chora porque necessita do leite materno, lembremo-nos que o filho de Deus deve desejar com todo o seu ser o alimento da Palavra.

Por que muitos se sentem fracos e abatidos em suas vidas espirituais? Porque deixaram de se alimentar regularmente com a Palavra da Verdade. O Senhor compara Sua Palavra com outros alimentos, por ex.: Ao pão, porque é um alimento básico para o viver diário (Mt 4:4). Ao mel, porque é doce e saboroso (Sl 119.103). Ao alimento sólido, para seguir amadurecendo na fé (Hb 5:14).

No contexto, Pedro destaca algumas características:

1. É alimento espiritual. É para o espírito o que o leite é para o corpo, mas também é o sustento essencial que necessita ser recebido com regularidade e frequência.

2. Produz crescimento espiritual. para que, por ele vades crescendo, ou seja, as Escrituras provêm a maturidade que necessitamos para confrontar a oposição do inimigo.

Momento de Reflexão: Você tem se alimentado da Palavra diariamente? 

Em Cristo Jesus,

Pr. Natanael Gonçalves