Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança (Tg 1:2-3).

Tiago afirma que devemos ter uma atitude de alegria em meio às provações. Ora, o contentamento é uma das coisas que caracteriza aqueles que andam em Cristo e nenhuma situação os deve privar do prazer dessa relação. Há, contudo, uma área de tensão que visualizamos aqui: “como se alegrar em situações de prova?” Logicamente, nenhuma crise nos inspira a dar graças e nem tampouco a sentirmos deleite. Assim, a advertência de Tiago não é para colocarmos os olhos na prova, mas no resultado da prova.

Que resultado é esse? O verso 4 explica: “que sejamos perfeitos e íntegros, em nada deficientes”. Tome nota de um detalhe significativo: não é você que está sendo provado, mas a sua fé.  Você e eu sabemos que isto é muito importante, pois  a fé é um dos ingredientes básicos da vida espiritual. “Sem fé”, nos diz o autor de Hebreus, “é impossível agradar a Deus” (Hb 11:6). Deste modo, entendemos que precisamos de um trabalhar Dele em nós, para que possamos ter e desenvolver uma fé viva, dinâmica e robusta. 

Para refletir: Se você está sendo provado (a), alegre-se! Deus está neste negócio.

Pr. Natanael Gonçalves