Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo. Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância (1 Pedro 1:13).

Enfrentar uma sociedade depravada, corrupta e hostil, requer atitudes corretas e uma conduta condizente. Assim sendo, Pedro inicia uma série de mandados. Antes de ordenar “esperai, ele nos adverte acerca de uma responsabilidade, a qual provê o entendimento para toda a passagem: cingindo os lombos do vosso entendimento. Isto significa: prepare sua mente para ação; analise, reflexione, medite, atente ao que está pensando e nas atitudes que se devem tomar.

Nesta sessão, Pedro lista temas que devem ocupar os nossos pensamentos e determinar as nossas atitudes. A implicação disto é que, para assumir essas qualidades, se requer atenção, aprendizagem e raciocínio. No verso 14 ele afirma: como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância. O texto aponta para os homens sem Cristo que, em contraste com os cristãos, vivem em total estado de ignorância. Antes de recebermos a Jesus, todos nós éramos assim. Estávamos em trevas e sem sabedoria. Longe de ser uma fé desenhada para os que não pensam, o cristianismo ilumina e ensina o homem. Precisamos conscientizar-nos de que, mesmo vivendo em meio a situações difíceis, gozamos de um imenso privilégio. 

Momento de Reflexão: Quando não somos simplesmente ouvintes, mas praticantes da Palavra de Deus, temos a certeza de que, mesmo atravessando o vale, o Senhor está conosco e nos conduzirá em vitória. Por isso, terminei a reflexão de hoje dizendo que gozamos de um tremendo privilégio. Que alegria! Você também se alegra? 

Em Cristo,

Pr. Natanael Gonçalves