Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades… poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor! (Rm 8:38).

Quando passamos por situações adversas ou as coisas se põem extremamente difíceis, ou ainda a expectativa de solução rápida se frustra, sentimo-nos abatidos psicologicamente, emocionalmente, fisicamente e, porque não dizer, até mesmo, espiritualmente. Alguém que foi ao fundo do poço compartilhou o que aprendeu:

Aprendi que grande parte da fé de muitas pessoas depende de conseguirem que Deus realize certas coisas, das quais se consideram necessitadas. Avaliam a sua fé pelas respostas às suas petições. Permanecem fiéis quando há um fluxo constante de milagres a favor delas, mas quando enfrentam reveses ou longos períodos de espera pelas respostas à oração, acham que alguma coisa está errada e desanimam. Aprendi ainda, que não haverá permanente livramento da nossa ansiedade, enquanto não formos capazes de afirmar: “Mesmo se não der certo, como planejamos ou esperamos, alcançaremos vitória maior”. Estamos vivos para sempre!

Nossa vida possui propósitos. Propósitos de Deus! Podemos enfrentar condições adversas, mas é preciso saber: O Senhor está trabalhando e nunca nos abandonará. É maravilhoso saber que não importam as circunstâncias, nada poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus!

Momento de Reflexão: Muitas situações provocam o desânimo e o abatimento. No entanto, podemos estar seguros de que nada poderá nos separar do amor de Deus. Assim sendo, Ele intervirá quando os Seus propósitos forem cumpridos. Com isto em mente, precisamos mudar a nossa perspectiva da situação. Mude a sua visão e fique firme! Ele agirá e a sua vitória se manifestará, pois nenhum daqueles que n’Ele confia, será confundido ou envergonhado (Sl 25.3; Is 49.23). 

Em Cristo Jesus,

Pr. Natanael Gonçalves