Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos vossos pais (1 Pedro 1:18).

O versículo acima começa com a palavra “sabendo”. Este vocábulo destaca o fato de que o cristão deve procurar conhecer mais sobre o Deus Trino, de si mesmo, do mundo em que vive, da salvação e de muitos outros assuntos, com o objetivo de manter sua mente alerta e desperta para captar qual é a vontade de Deus. Adiciono que necessita ser perceptivo ao mover divino e saber aproveitar os recursos espirituais que Deus tem dado.

Em adição, destaco uma ordem específica que se encontra no versículo 13 do mesmo capítulo: sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo. Observe o imperativo: Sede sóbrios! A ideia é ser disciplinado, controlado e estável. Seja disciplinado nas atitudes, no falar, nas reações e conduta.

A sobriedade requer uma atitude de prudência em todas as coisas, inclusive a de restringir o uso do poder, dos direitos e dos privilégios. Apesar de viver numa sociedade inimiga, o cristão tem de viver com uma atitude de otimismo permanente. Suas reações para com as diversas situações, devem ser governadas por esta qualidade.

Momento de Reflexão: Você pode questionar: Como viver em otimismo diante de uma crise sem medidas? Como conservar a alegria e a esperança quando as notícias são tão devastadoras? O otimismo não é sem razão, pois confiamos nas promessas de Deus e na volta de Jesus (que pode acontecer em breve). Este ato glorioso marcará o fim de nossos sofrimentos e da oposição do mundo, bem como o início de uma nova ordem que inclui todo o universo. Quer um estímulo maior que esse? Portanto, viva com esperança e otimismo.

Naquele que nos fortalece,

Pr. Natanael Gonçalves