Perseverança na luta (Ler Gênesis 32.24-26) 

Disse este: Deixa-me ir, pois já rompeu o dia. Respondeu Jacó: Não te deixarei ir se me não abençoares (Gn 32.26). 

Após um longo período de luta e esgotamento, Deus operou na vida de Jacó e o transformou para que ele pudesse receber a bênção. Jacó não voltou a ser o mesmo depois daquele encontro. Devemos esperar o mesmo, especialmente se tivermos de receber as bênçãos mais profundas de Deus. Dito de forma bem simples, Jacó nunca teria se tornado o abençoado Israel se não tivesse lutado com Deus e resistido. A perseverança e a dor que Jacó sofreu na luta, demonstraram a Deus, o quão importante era a Sua bênção para ele. Nós não devemos concluir que a história de Jacó contém todas as informações sobre as bênçãos de Deus. Ela é apenas um dos muitos exemplos que vemos nas Escrituras, onde Deus operou o sofrimento como parte de um plano que visava trazer Suas bênçãos aos participantes.

Outros exemplos incluem Abraão esperando durante anos pelo herdeiro prometido, José definhando por anos em uma prisão egípcia, Moisés durante os quarenta anos de exílio, Rute colhendo nos campos, em meio à sua dor e miséria, David ungido rei de Israel, mas forçado a retornar a pastorear ovelhas… e a lista segue e continua. Não me ocorre nenhum exemplo na Bíblia de alguém que recebeu grandes bênçãos de Deus ou foi usado tremendamente por Ele, sem lutar com a dor, com a desilusão, com o abatimento, com a solidão ou o sofrimento. Isto não é uma motivação para você? Reflita!

Em Cristo, o Senhor da glória,

Pr. Natanael Gonçalves