…E atrairei a ti para o ribeiro de Quisom a Sísera, capitão do exército de Jabim, com os seus carros e com a sua multidão, e o darei na tua mão (Leia Juízes 4:6-7).

A maioria de nós pensa que só existe um método de Deus responder às nossas orações: enviar a resposta que pedimos. Embora Deus opere quase sempre dessa forma, Ele também responde de maneiras mais complexas. Foi o que aconteceu com os israelitas  na passagem que lemos acima. A resposta de Deus veio em forma de exortação para que o povo tomasse uma atitude corajosa.

Note que Baraque recebeu ordens de avançar e liderar um exército de dez mil homens para enfrentar o inimigo frente a frente. Deus podia ter exterminado todo o exército de Sísera no acampamento, mas decidiu convocar o seu povo para cooperar com Ele. O verso 15 nos mostra como o Senhor agiu em resposta à obediência de Baraque: E o SENHOR derrotou a  Sísera, e todos os seus carros, e todo o seu exército a fio de espada, diante de Baraque; e Sísera desceu do carro e fugiu a pé.

Quando o Senhor derrotou o inimigo? Quando Baraque e seus homens desceram o monte, em obediência e fé. Deus continua agindo assim. Muitos estão orando, mas não estão agindo com fé. Aliás, oram, mas não conseguem ver a resposta se manifestando. A ação, a atitude e o comportamento condizente com a oração, demonstram a fé de quem se coloca diante de Deus por uma causa.

Momento de Reflexão: As nossas atitudes e comportamento demonstram se exercemos fé em Deus e nas suas promessas. Mesmo nos momentos mais desafiadores, quando os nossos joelhos tremem diante deles, devemos trazer à memória o que nos dá esperança (Lm 3:21) e, neste caso, o Deus que não pode mentir (Tito 1:2) nos garante que os Seus ouvidos estão atentos às nossas orações (1 Pedro 3:12). Portanto, se Ele está atento, certamente, em seu modo e tempo, a resposta virá. Descanse!

Pr. Natanael Gonçalves