Porém os homens que com ele subiram disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós (Números 13:31).

Deus disse a Moisés: “Envia homens que espiem a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel…” (Nm 13:2). Esses homens cometeram um grave erro, pois em vez de reconhecer a terra, avaliaram a conquista da mesma. Esse engano atingiu uma geração inteira, impedindo-a de entrar na terra prometida. Todos nós conhecemos a história e, nas explicações dos espias, vemos uma das mais comuns estratégias que o inimigo utiliza contra os filhos de Deus. Ela consiste em apelar à mente do ser humano, apresentando argumentos lógicos e cuidadosamente fundamentados, para que a pessoa desista de fazer a vontade de Deus. A vida espiritual, porém,  não se baseia na lógica, ao contrario, ela, quase sempre, é um estorvo para os que querem avançar nas coisas da fé. Na hora de seguir ao Senhor, não são os nossos argumentos que devem guiar os nossos passos, mas a convicção de que Deus é Deus, mesmo que sua direção ou promessa fuja completamente da lógica. Armados pois, da fé que se constrói sobre a Palavra de Deus, avancemos nos projetos e nas promessas do Senhor.

Pr. Natanael Gonçalves