PROBLEMA: No primeiro capítulo, Daniel e os três outros jovens recusaram-se a fazer qualquer coisa que violasse sua consciência (cf. Dn 1:8ss). Entretanto, segundo Dn 3:12, apenas os três jovens recusaram-se a dobrar-se perante aquela imagem. Por que Daniel também não se recusou a praticar esse ato de idolatria?

SOLUÇÃO: Certamente ele teria se recusado a isso, se estivesse lá. Mas não há absolutamente referência alguma quanto a Daniel estar presente. Como ele era um oficial do governo (cf. Dn 1:19), é possível que ele estivesse fora da capital, tratando de algum negócio, quando tal incidente ocorreu. Sabemos com certeza que posteriormente (Dn 6) ele permaneceu firme em suas convicções espirituais, mesmo sob a ameaça da morte. Assim, caso ele tivesse estado presente, podemos ter certeza de que ele teria rejeitado participar de tal ato de idolatria.