Deus já era conhecido pelo nome “Senhor” (Jeová ou Yahveh), mesmo antes do tempo de Moisés?

PROBLEMA: Disse Deus a Moisés: “Apareci a Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, O Senhor, não lhes fui conhecido” (Êx 6:3). Entretanto, a palavra “Senhor” [Jeová, Yahveh] aparece em Gênesis diversas vezes, tanto em combinação com o termo “Deus”: como “Senhor Deus” (Gn 2:4, 5, 7, 8, 9,15 etc.) e, isoladamente, como “Senhor” (Gn 4:1, 3,4, 6,9 etc).

SOLUÇÃO: Esta dificuldade pode ser explicada de várias maneiras. Alguns crêem que esta palavra – “Senhor” – foi introduzida em Gênesis na forma de uma antecipação. Outros sustentam que o pleno significado do nome não era conhecido previamente, muito embora já estivesse em uso. Ou, talvez, algum traço da personalidade do Deus que é fiel à sua aliança, indicado pelo nome “Senhor” [Jeová, Yahveh], ainda não tivesse sido revelado, até o tempo de Moisés. Outros ainda pensam que Moisés (ou um editor posterior) colocou este nome no texto de Gênesis retrospectivamente, depois de ele ter sido escrito. Seria como um biógrafo daquele famoso pugilista referindo-se à infância de Muhammad Ali, embora o seu nome na realidade fosse Cassius Clay naquela época. Corroborando com isso, há o fato de que o sufixo “-ah”(que aparece em “Jeovah”), que se apõe a nomes, geralmente não aparece em nomes anteriores ao tempo de Moisés.