PROBLEMA: Deus nos adverte que “o que encobre as suas transgressões jamais prosperará” (Pv 28:13). Entretanto, noutro texto o Senhor aprova aqueles que têm os seus pecados cobertos, dizendo: “Bem-aventurado aquele… cujo pecado é coberto” (Sl 32:1).cobrirpecados

SOLUÇÃO: Para responder, várias diferenças cruciais devem ser observadas. Primeiro, aquele que procura cobrir o seu próprio pecado é condenado, mas aquele que o confessa e que deixa Deus cobrir o seu pecado para si é abençoado. Segundo, no primeiro caso, Deus está condenando encobrir de maneira não justificada o pecado. Na outra passagem, trata-se de um meio de remissão ou de expiação dado por Deus. Terceiro, uma passagem condena todo aquele que procura encobrir o seu próprio pecado. A outra aprova aqueles que permitiram que Deus cobrisse seu pecado pela expiação por meio do sangue.