PROBLEMA: Quando Jonas chegou à cidade de Nínive, ele observou que a cidade era tão grande, que foi necessária uma caminhada de três dias para atravessá-la. Entretanto, tal afirmação deve ser um exagero, uma vez que se argumenta que um homem comum pode caminhar apenas de 80 a 110 quilômetros em três dias. Porém, em toda a história, a não ser nos tempos atuais, não houve registro de uma cidade com um diâmetro de 100 quilômetros. Não se trata de um erro?

SOLUÇÃO: Tem havido várias propostas para esclarecer essa observação feita por Jonas. Alguns comentaristas propõem que Jonas estaria referindo-se à circunferência da cidade. Uma cidade com 80 quilômetros de circunferência teria cerca de 25 quilômetros de diâmetro. Tal dimensão é mais compatível com a população estimada de 600.000 pessoas nessa grande cidade da antiguidade  Outros comentaristas propõem que Jonas não estava dizendo que levaria três dias para atravessar a cidade, mas que levaria três dias para percorrê-la passando por todas as ruas e praças da cidade inteira. Os que sustentam esta posição apontam para o fato de que Jonas foi a Nínive para proclamar a mensagem de juízo sobre aquele povo. Isso requereria que ele percorresse toda a cidade, e não que simplesmente a atravessasse de ponta a ponta. Isso está de acordo também com o que o versículo 4, segundo o qual Jonas entrou na cidade e, no primeiro dia, enquanto caminhava, ia proclamando a mensagem.