PROBLEMA: De acordo com Paulo nessa passagem, Deus é o “único que possui imortalidade, que habita em luz inacessível”. Entretanto, em outras passagens, Paulo fala dos cristãos sendo ressuscitados em corpos físicos “imortais” (1 Co 15:53) e partilhando da “imortalidade” por meio do Evangelho (2 Tm 1:10). Mas se apenas Deus possui a imortalidade, como alguém mais a possuirá?

SOLUÇÃO: Deus é o único que possui a imortalidade intrinsecamente, em virtude de sua própria natureza. Todos os crentes a recebem como uma dádiva de Deus, mas ela não é inerente à natureza humana, como criaturas que são. Coloquemos isso de outro modo: somente Deus é imortal – os seres humanos simplesmente possuem  imortalidade. De forma semelhante, somente Deus é existência (cf. Êx 3:14) – as criatura têm existência (cf. At 17:28). Além disso, a imortalidade de Deus é sem princípio e sem fim. Nossa imortalidade tem um princípio, e é sem fim. Em resumo:

A IMORTALIDADE DE DEUS.

É intrínseca à sua natureza É algo que Deus é Que possui por essência É inerente Sem princípio e sem fim  

A IMORTALIDADE HUMANA

Não é intrínseca à nossa natureza
É algo que os homens possuem
Que possuem por participação
É derivada
Com um princípio, mas sem fim.