PROBLEMA: Por que Baraque, Sansão e Jefté são apresentados como grandes homens de fé, ao lado de Abraão, Moisés e José? Afinal de contas, eles erraram de muitas maneiras.

SOLUÇÃO: É verdade que Baraque não quis ir à guerra sem Débora, e demonstrou falta de liderança. Sansão tinha uma queda por mulheres e Jefté negociou com os amonitas, o que ele não deveria ter feito. Contudo, nenhum desses atos obrigaria necessariamente a exclusão de tais homens dessa lista de heróis da fé, pois, como o NT diz, “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Rm 3:23). Isso é uma verdade até mesmo a respeito de outros mencionados nessa grande lista de homens de fé. Abraão mentiu a respeito de Sara, sua mulher, e Moisés matou um homem. Davi será sempre lembrado por seu adultério com Bate-Seba, mas mesmo assim Deus disse ser ele alguém “que andou após mim de todo o seu coração” (1 Rs 14:8). O que destaca esses homens dos demais é a fé que tinham, e não os pecados que cometeram. A fé heroica desses homens propiciou sua inclusão nessa “galeria dos homens de fé”. Por exemplo, mesmo depois de seu declínio, Sansão realizou poderosos atos de fé e conseguiu grandes coisas para Deus, destruindo mais inimigos de Deus na sua morte do que o fez em toda a sua vida (Jz 16:30).