PROBLEMA: João menciona Jesus declarando que Ele deu a sua “vida pelas ovelhas” (cf. 15:13). Mas Paulo afirma que “Cristo … morreu a seu tempo pelos ímpios”, enquanto eles eram ainda “inimigos” (Rm 5:6,10). Como essas duas declarações podem ser verdadeiras, se são conflitantes entre si?

SOLUÇÃO: Jesus morreu tanto por seus amigos (discípulos) como por seus inimigos. De fato, seus “amigos” eram inimigos quando Jesus morreu por eles. Não há contradição, já que o texto não diz que Cristo morreu somente por seus amigos. De fato ele morreu por aqueles que se tornariam seus amigos, mas morreu também por aqueles que permaneceriam como seus inimigos. Pedro refere-se aos apóstatas que estavam renegando “o Senhor que os resgatou” (2 Pe 2:1).