Jesus foi crucificado na terceira hora ou na hora sexta?

PROBLEMA: O relato do Evangelho de Marcos diz que foi na hora terceira (9 horas da manhã, conforme o tempo judeu) que Cristo foi crucificado (15:25). O Evangelho de João diz que cerca da hora sexta (ao meio-dia) Jesus estava ainda em julgamento (19:14). Isso faria com que sua crucificação tivesse de ocorrer bem mais tarde do que foi especificado por Marcos. Qual dos Evangelhos está correto?

SOLUÇÃO: Os dois evangelistas estão corretos em suas afirmações. A dificuldade é superada quando percebemos que cada um deles fez uso de um sistema diferente de medição do tempo. João segue o sistema de tempo romano, ao passo que Marcos segue o sistema judaico. De acordo com o tempo romano, o dia corria de meia-noite a meia-noite. O período de 24 horas judaico começava às 6 horas da tarde e a manhã, às seis horas da manhã. Assim, quando Marcos afirma que na terceira hora Cristo foi crucificado, esse horário corresponde a 9 horas do nosso tempo. João afirmou que o julgamento de Cristo foi cerca da hora sexta, ou seja, às seis da manhã. Isso colocaria o julgamento antes da crucificação e não negaria qualquer testemunho dos autores dos Evangelhos. Isso está de acordo com outras referências ao tempo feitas por João. Por exemplo, ele fala de Jesus estar cansado de sua viagem desde a Judéia até a Samaria “por volta da hora sexta”, quando pediu água para a mulher junto ao poço. Considerando a extensão de sua viagem, o seu cansaço, e que normalmente era no final da tarde que as pessoas iam até o poço para beber e dar de beber a seus animais, isso está mais de acordo com as 6 da tarde, que é “a hora sexta” pelo sistema romano. O mesmo é verdade a respeito da referência de João (1:39) à hora décima, que seria para nós 10 horas da manhã, uma hora bem mais propícia para se estar pregando ao ar livre, do que 4 horas da manhã.