É errado chamarmos os outros de nosso pai? 

PROBLEMA: Aqui Jesus ordena: “A ninguém sobre a terra chameis vosso pai”. Contudo, em outras partes a Bíblia não somente nos diz: “Honra teu pai e tua mãe” (Êx 20:12), mas ainda emprega o termo “pai” referindo-se àqueles que são mentores espirituais (2 Rs 2:12; cf. 1 Co 4:15).

SOLUÇÃO: O contexto da afirmação de Jesus indica que ele está-se referindo a considerar seres humanos como mestres espirituais infalíveis, e não que ele se oponha a termos mentores espirituais falíveis. De fato, Paulo foi um pai espiritual de Timóteo (1 Co 4:15), a quem ele se referiu como sendo seu “amado filho” (2 Tm 1:2). Entretanto, Paulo teve o cuidado de instruir seus filhos espirituais a que somente fossem seus imitadores “como eu sou de Cristo” (1 Co 11:1). Demonstrar respeito devido ao nosso líder espiritual é uma coisa (cf. 1 Tm 5:17), mas dar-lhe obediência incondicional e a reverência que somente a Deus devemos dar, isso é outra coisa.