Há um erro de Mateus ou de Lucas, no registro da tentação de Cristo no deserto?

PROBLEMA: De acordo com Mateus e Lucas, a primeira tentação foi a de transformar pedras em pão para satisfazer a fome de Jesus. De acordo com Mateus, a segunda tentação aconteceu no pináculo do templo, e a terceira envolveu todos os reinos do mundo. Entretanto, embora Lucas mencione esses mesmos dois eventos, ele o faz pela ordem inversa – os reinos do mundo são mencionados em segundo lugar e o pináculo do templo, em terceiro. Qual é então a ordem correta?

SOLUÇÃO: Pode ser que Mateus esteja descrevendo essas tentações em ordem cronológica, ao passo que Lucas se ateve à ordem que propiciassem clímax, ou seja, conforme os tópicos envolvidos. Isso para expressar clímax que Lucas desejava enfatizar. Observe que Mateus 4:5 começa com a palavra “então”, e o versículo 8 tem a palavra “ainda”. No grego, essas palavras sugerem uma certa ordem seqüencial dos eventos. Já no relato de Lucas, porém, o versículo 5 começa com um simples “e”, e o versículo 9 com uma palavra que no grego corresponde a “e” ou “também”. O grego, no registro de Lucas, não indica necessariamente uma ordem seqüencial dos eventos. Além disso, não há discordância alguma quanto ao fato de que essas tentações realmente ocorreram.