Não foi um absurdo Jesus ter dito que os mortos sepultassem os seus próprios mortos?

PROBLEMA: Um certo homem queria seguir Jesus, mas pediu-lhe permissão para primeiro ir enterrar seu pai. Jesus respondeu-lhe: “Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos” (Mt 8:22). Mas os mortos não podem enterrar ninguém. Isso parece não fazer sentido.

SOLUÇÃO: Jesus não estava falando daqueles que estão fisicamente mortos, mas daqueles que estão espiritualmente mortos (Ef 2:1). Ele pediu que o homem o seguisse (Lc 9:59) e este respondeu-lhe dizendo que desejava primeiro dar assistência à sua família. A questão então é: o que está em primeiro lugar – a família de alguém ou Jesus Cristo. A resposta de Jesus indica o estado espiritual da família daquele homem. Aparentemente eles não eram crentes, e a Bíblia diz que aqueles que não são crentes estão “mortos em seus delitos e pecados” (Ef 2:1,5). Jesus estava dizendo ao homem que a sua família, que estava morta espiritualmente, cuidaria do enterro. Jesus queria que ele o seguisse. O discipulado cristão requer uma forte disposição.