rejeição

Cristo, a Pedra Viva! – Parte Final

Pedro termina a construção do seu pensamento destacando que Jesus é a Pedra preciosa para todos aqueles que creem, mas uma Pedra de tropeço para aqueles que o rejeitam. Observemos alguns detalhes: 

3) Os que rejeitam o evangelho tropeçam na Pedra que é Cristo.

1 Pedro 2.7-8:   E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram, essa foi a principal da esquina; e uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.

Outras passagens da Bíblia falam do Senhor como uma pedra de tropeço. Vejamos, por exemplo, o que diz Isaías 8:14-15:

Então, ele vos será santuário, mas servirá de pedra de tropeço e de rocha de escândalo às duas casas de Israel; de laço e rede, aos moradores de Jerusalém. E muitos dentre eles tropeçarão, e cairão, e serão quebrantados, e enlaçados, e presos.

Em especial, os judeus tropeçaram n’Ele porque Ele não era o Messias que esperavam. Não obstante, muitos outros também o rejeitaram e ainda O rejeitam, por isso tropeçam. Pedro entende que a Pedra causa vergonha, ofensa e dor a todos aqueles que se negam a crer. 

Os incrédulos tropeçam e caem na mensagem de Jesus. Paulo o diz assim em 1 Coríntios 1.18:

A palavra da cruz é loucura para os que se perdem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.

A razão deste tropeço é a desobediência que brota de um coração cheio de incredulidade. Desta forma, eles enfrentam a Deus em Cristo como um inimigo por haver escolhido ser amigos do mundo, conforme comprovamos em Tiago 4.4:

Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

Pedro lembra que os homens que continuam rejeitando a Cristo e aqueles que o rejeitaram, fazem o contraste com o Pai Celestial que O aceitou e, para Ele, Jesus é precioso – verso 4. Com isto, Pedro quer animar a todos os leitores dando-lhes a perspectiva divina de suas circunstâncias difíceis. Posto que Cristo foi rejeitado pelos homens, era de se esperar que os cristãos também o fossem. Vejamos João 15.18: 

“Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim” 

Além disso, o modo como Cristo é escolhido e precioso para o Pai, assim aqueles que creem em Jesus tem sido eleitos para desfrutar grandes privilégios. Ele é Pedra viva e eles também. Ainda que os homens os menosprezem, não devem se sentirem envergonhados, porque são as pedras privilegiadas que tem sido colocadas ao lado da principal Pedra de Esquina.

Jesus Cristo é:

1. A Pedra viva (v.4)

2. A Pedra de esquina (v.6)

3. A Pedra rejeitada (v.7)

4. A Pedra de tropeço (v.8)

De resto, somos sacerdotes sob o manto do Sumo Sacerdote Jesus Cristo. Servimos a Deus no templo espiritual oferecendo sacrifícios espirituais. Eles são aceitáveis a Deus por causa de Seu Filho.

Para refletir: O crer em Cristo não significa simplesmente acreditar nEle, até porque os demônios creem e estremecem (Tg 2.19). O crer, na Bíblia, fala de uma relação que se estabelece com o Senhor Jesus. Essa relação só é possível por meio do novo nascimento. Quando isso acontece, o homem não tropeça na Pedra que é Cristo, aliás, ele passa a fazer parte de tudo o que o apóstolo comenta nos versos de 1 a 8. Todavia, um incontável número de pessoas O rejeita. Alguns o fazem, mesmo sendo religiosos e, isso, não é de se admirar, pois os fariseus e os religiosos da época de Jesus o rejeitaram. Termino quase sempre com uma pergunta: Você já experimentou o novo nascimento?, ou é um frequentador de igreja? É impossível ter um encontro com Cristo e não ter um coração transformado e apaixonado pelo Senhor. A que grupo você pertence?

Em Cristo que, para uns, é Pedra de tropeço, enquanto para outros, é uma Pedra Eleita e preciosa,

Pr. Natanael Gonçalves