cornerstone 3

Jesus, a Pedra Viva!

1 Pedro 2:4-8:      – E, chegando-vos para ele, a pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo. Pelo que também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram, essa foi a principal da esquina; e uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados. 

Pedro descreve a alta posição e grandes privilégios que o verdadeiro cristão possui. Para comunicar esse ensino que o Espírito Santo revela, ele usa determinadas figuras de linguagem, tais como:

  • Pedra (singular)
  • Pedras
  • Edifício

O verso 4, inicia com o verbo “chegando-vos”. O tempo do verbo no grego é particípio presente e indica a forma de continuidade. Então, conclui-se que “chegando-vos” é algo contínuo na vida daquele que crê em Cristo. Antes de tudo, é necessário fazer um esclarecimento: O Espírito Santo, prevendo a perversão de alguns na passagem de Mateus 16:18, faz com que o próprio Pedro a refute em Atos 4:11. Um segmento sustenta que Pedro é a pedra ou a rocha na qual a igreja foi fundada. A Bíblia explica a Bíblia. Vejamos o que Jesus disse em Mateus 16.18:

“Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

“Pedro” no Grego “petros”, é uma pedrinha, enquanto “petra” é uma “rocha”, e essa rocha é Cristo. O apóstolo Paulo, em 1 Coríntios 10:4, se refere a Cristo como “petra”, senão vejamos:

E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo.

No entanto, o próprio Pedro, a quem a uma corrente diz ser a pedra, contradiz completamente essa assertiva ao afirmar em Atos 4.11 sobre Jesus:

“Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina”.

   1. Jesus é a Pedra principal do novo templo – 2:4

Pedro chama a Jesus de “A Pedra Viva”. A construção que ele trata está composta de seres viventes que compartilham sua vida com Deus. O edifício é um templo e Cristo é a principal Pedra. A Pedra, não somente é viva, mas é também eleita e preciosa. Estas ideias vêm do verso 6, onde ele cita Isaías 28:16:

Portanto, assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.

Na figura do templo, Cristo é a pedra do ângulo. Essa pedra especial, era a primeira a ser assentada nas construções, pois orientava de forma correta todo o edifício. Sobre ela, estendiam os prumos para que as paredes ficassem retas e os cantos no esquadro. Da mesma forma, nosso Salvador é a norma, o Mestre e o Guia para que o edifício espiritual se construa segundo o desenho do nosso amado Pai Celestial, o divino Arquiteto. Note que a Bíblia não aponta para qualquer outro personagem que represente a base ou o nosso alicerce espiritual. Não assume esse lugar Maria, Pedro, Tiago, João ou qualquer outro, mas Jesus!

Para refletir: Essa figura que a Bíblia utiliza, nos mostra de maneira gráfica que somos templo de Deus. Somos habitação do Espírito Santo, portanto, como cristão, qual é o seu estilo de vida? Será que as pessoas ao seu redor podem perceber Deus vivendo em você?

Em Cristo Jesus, a Pedra angular,

Pr. Natanael Gonçalves

Para entender melhor esse tema, não perca a continuação no próximo post