viva seguro

Viva Seguro em um Mundo Incerto – Parte I 

1 Pedro 1.1–2: Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos que são forasteiros da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, eleitos, segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo, graça e paz vos sejam multiplicadas.

 Rejeitados pelo mundo (v.1) 

Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos que são forasteiros da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, 

Os judeus cristãos haviam sido literalmente expatriados e teriam que viver longe de sua nação. Da mesma maneira, todos os crentes experimentam o mesmo no plano espiritual. O capítulo 2, verso 11 e Hebreus 11:13 nos ensinam que somos “estrangeiros e peregrinos” na terra, porque vivemos longe de nossa pátria celestial onde se encontra nossa verdadeira cidadania. Por esta razão, temos que habitar no meio de uma sociedade que não nos aceita, como também num mundo que não oferece segurança. Todo cristão está exposto aos caprichos de outros e a perigos e injustiças da parte daqueles que não honram a Deus. Jesus disse:

Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece. (Jo 15:18-19).

[sws_grey_box box_size=”950″]Pare por um momento e reflita: Quando alguém viaja ou habita num pais estrangeiro, o que lhe faz sentir seguro? O que pode ajudar ou que coisas se podem fazer, para que a pessoa se sinta tranquila longe de seu país de origem? [/sws_grey_box]

Escolhidos por Deus (v.2)

“eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, e para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça e paz vos sejam multiplicadas”. 

O crente não encontra o sentido de pertencer no mundo que o rodeia e, nem tampouco, a sua identidade nele. Todavia, possui a segurança de que Deus o separou para ser totalmente d’Ele e dar-lhe uma cidadania no Céu. Quando se sente só e perdido dentro de uma sociedade que não o entende e que está contra ele, deve recordar que Deus o escolheu e o amou e que ele é um tesouro que o Senhor comprou para si mesmo. Este versículo especifica os passos sobrenaturais que o Altíssimo deu com o fim de salvar-nos, indicando que cada uma das pessoas da Trindade participou nesse processo.

1) O Pai elegeu todo aquele que atende o chamado: “eleito segundo a presciência de Deus”.

2) O Espírito Santo operou em nós para levar-nos a crer em Cristo, iniciando, assim, o processo de santificação.

3) O resultado da obra do Pai e do Espírito, impõe ao indivíduo uma resposta quanto à salvação. Nesse caso, Pedro entende que a pessoa obedeceu a esse chamamento.

4) O sangue de Jesus foi derramado para salvar e perdoar os pecados.

O termo “presciência de Deus”, significa que Ele sabe de antemão todas as coisas. Ele conhece o coração duro do homem, contudo, sempre oferece oportunidade a todos, pois Ele deseja que todos sejam salvos (1 Tm 2:4), ainda que saiba de modo precedente, quem vai rejeitar e quem vai aceitar a salvação por meio de Jesus (Efésios 1:4-5; Atos 2:23).

Devemos também saber de uma coisa: Não fomos nós que tomamos a iniciativa em buscar a Deus, antes foi Ele que nos buscou primeiro. O crente deve abrigar sempre em seu coração a gratidão e, ao mesmo tempo, sentir-se maravilhado de que é objeto especial do amor do Rei do Universo e também, porque as três pessoas divinas intervieram na sua vida operando obras tremendas para a sua salvação.

Por esta maravilhosa obra de Deus, o cristão deve também ter sempre uma atitude de adoração, pois, somente pela graça, pode pertencer ao Senhor e chegar a ser cidadão do Céu. Vejamos Filipenses 3.20:

“Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo”

[sws_grey_box box_size=”950″]Por isso, devemos sentir-nos seguros e animados em meio a hostilidade que encontramos no mundo. [/sws_grey_box]

Permita que o Espírito Santo ministre em seu coração e tome posse das promessas da Palavra de Deus,

Em Cristo,

Pr. Natanael Gonçalves

Continua no próximo post…