casaldemaosdadas

Vivendo sabiamente o casamento – Parte Final

O Esposo Sábio – 1 Pedro 3:1-7

Pedro construiu uma estrada para que os casais cristãos andem por ela. Ao terminar sua pavimentação, o apóstolo fincou algumas placas de alerta para a esposa como também para o marido. Hoje, veremos os indicativos concernentes ao esposo. Observe que, para trafegarmos com segurança e diminuirmos os percalços, temos que obedecer a sinalização. Assim sendo, prepare-se marido, pois hoje é o seu dia.

1 Pedro 3.7: Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.

É interessante notar que Pedro dedica mais espaço à mulher que ao homem nos versos de 1 a 7. Isto não se deve ao fato de que o homem tem menos necessidade de orientação. Em Efésios 5, Paulo dedica muito mais ao homem que a mulher. Possivelmente Pedro sabia que naquelas igrejas havia muitas mulheres, cujos maridos não eram cristãos.

Pedro continua a mesma cadeia de ideias. Começou o versículo primeiro dizendo: “semelhantemente” e, agora, no verso 7, ele repete o mesmo sentido: “igualmente”, para indicar que tanto as esposas como os maridos hão de imitar a Cristo. O esposo deve exercer sua liderança com amor, não buscando seu próprio bem e comodidade, mas o bem-estar de sua esposa e filhos. Deve entregar-se aos que são de sua família, sacrificar seus desejos egoístas e tratar das necessidades deles (esposa e filhos).

O Homem tem que ser sábio

Vivei com elas com entendimento. Isto significa que o homem tem que buscar entendimento acerca da natureza e necessidades especiais da sua esposa. Deus o faz responsável pelo bem-estar dos membros de sua família e terá que prestar contas desta importante responsabilidade. A liderança do esposo é um ministério, de maneira que a esposa se sente amada, apoiada e edificada. Neste contexto, ele se dedica para trazer segurança, estabilidade, felicidade e desenvolvimento emocional e espiritual. O marido precisa se envolver com as preocupações de sua esposa, escutá-la e dialogar com ela. A esposa deseja ser compreendida e isto lhe fará sentir segura e amada.

O marido tem que honrar sua esposa.

Da mesma maneira que a esposa tem que respeitar a seu marido, o marido deve, também, dar-lhe uma posição de honra, sabendo que ela não é inferior, mas que possui qualidades valiosas. Pedro explica que existem duas razões pelas quais a esposa merece consideração especial.

1) Porque ela é mais frágil. É possível que Pedro se refira à sensibilidade e à vulnerabilidade emocional da mulher. Por exemplo: quando a mulher não vê afeto, lealdade e apoio de seu marido, se sente profundamente dolorida. 


2)  Porque ela é co-herdeira da graça da vida. No casamento cristão, ambos os cônjuges são iguais porque os dois possuem a vida de Deus e tem os mesmos privilégios diante d’Ele, assim como a mesma responsabilidade em cumprir a vontade divina. Ambos são servos do Altíssimo. 


Como o homem respeita e honra a sua esposa? Cuidando da sua maneira de falar e sendo cortês (Cl 3:19), manifestando diante de outras pessoas seu apreço e respeito. Ele dá a ela segurança de sua fidelidade e evidências de que a ama e a faz sentir segura e apreciada por meios de atos de apoio, carinho e atenção.

O marido que observa essas diretrizes conserva a comunhão com Deus.

A relação que se desenvolve no matrimônio é tão importante como qualquer outra conduta que Deus nos manda. Há muitas repercussões para a tranquilidade do lar: o testemunho aos outros, a unidade da igreja, a segurança dos filhos e o crescimento espiritual dos esposos. E, por outra, afeta também a nossa relação com o Senhor. Quando o esposo não vive sábia e respeitosamente com sua esposa, se interrompe sua comunhão com o Altíssimo. Desobedecer o padrão divino para o matrimônio é pecado. Esta desobediência e rebelião impede a comunicação com o Senhor. A oração é um dos recursos mais potentes que ele e a esposa possuem.

Para refletir: Maridos o que se deve fazer para compreender melhor a esposa? Você está seguro de que sua esposa sabe que você a ama? Ela sente (e sabe) que você é leal e que a apoia? Para o marido e a mulher: Somos sócios ou competidores? Cada um contribui para que o outro se aproxime mais de Deus? Levamos em conta os sentimentos do outro? O casamento enriquece nossas vidas?

Que o Espírito de Deus ministre ao seu coração,

Pr. Natanael Gonçalves