pensativoPensar corretamente – (Fp 4:8) 

A segunda condição para triunfar sobre a preocupação e a ansiedade é o pensar de forma correta. Vejamos: 

A paz envolve o coração e a mente. “Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito [mente] é firme; porque ele confia em ti” (Is 26:3). Pensamentos incorretos geram sentimentos incorretos, e logo o coração e a mente são arrastados em direções opostas e somos estrangulados pela preocupação. É preciso ter consciência de que os pensamentos são reais e poderosos, mesmo que não possam ser vistos, pesados nem medidos. Devemos “levar cativo todo pensamento à obediência de Cristo” (2 Co 10:5). Semeie um pensamento, colha uma ação. Semeie uma ação, colha um hábito. Semeie um hábito, colha um caráter. Semeie um caráter, colha um destino! Paulo, então, nos dá uma lista de coisas nas quais devemos pensar como cristãos: 

Tudo o que é verdadeiro. Segundo Walter Cavert, uma pesquisa sobre a preocupação mostrou que apenas 8% das coisas que deixam as pessoas preocupadas e ansiosas são motivos legítimos para preocupação. Os outros 92% são imaginários, nunca aconteceram ou envolveram questões fora do controle das pessoas. Satanás é mentiroso (Jo 8:44) e deseja corromper a mente com suas mentiras (2 Co 11:3). Satanás continua a nos abordar da mesma forma que abordou Eva no jardim: “É assim que Deus disse…?” (Gn 3:1 ss). O Espírito Santo controla a mente por meio da verdade (Jo 17:1 7; 1 Jo 5:6), mas o diabo tenta controlá-la por meio de mentiras. Sempre que cremos em uma mentira, Satanás assume o controle! 

Tudo o que é respeitável e justo. Isto significa “digno de respeito e correto”. Muitas coisas não são respeitáveis, e os cristãos não devem pensar nelas. Isto não quer dizer enterrar a cabeça na areia e evitar tudo o que é desagradável, mas sim não dedicar atenção a coisas desonrosas nem permitir que elas controlem os nossos pensamentos. 

Tudo o que é puro, amável e de boa fama. “Puro” refere-se, provavelmente, à pureza moral, uma vez que as pessoas daquela época, como as de hoje, eram constantemente tentadas pela impureza sexual (Ef 4:17-24; 5:8-12). “Amável” significa “belo, atraente”. “De boa fama” refere-se ao que é “digno de ser comentado.” O cristão deve encher a mente com os pensamentos mais nobres e elevados, não com os pensamentos abjetos deste mundo depravado. 

Tudo o que tem virtude e louvor. Se tem virtude, servirá de motivação para nos aperfeiçoar; se tem louvor, é digno de ser recomendado a outros. Nenhum cristão pode se dar o luxo de desperdiçar “energia mental” com pensamentos que o rebaixam ou que prejudicam outros quando compartilhados.

Ao comparar essa lista com a descrição que Davi faz da Palavra de Deus, no Salmo 19:7-9, vemos um paralelo. O cristão que enche o coração e a mente com a Palavra de Deus tem um “radar embutido” que detecta pensamentos indevidos. “Grande paz têm os que amam a tua lei; para eles não há tropeço” (SI 119:165). Os pensamentos corretos nascem da meditação diária na Palavra de Deus.

Para refletir: Avalie a sua mente! Em que você pensa enquanto está acordado e ativo? Esse exercício servirá como um teste e o intuito é levar você a se conformar com a Palavra de Deus. 

No amor de Cristo, 

Pr. Natanael Gonçalves