Hoje encerramos essa pequena série de publicações a respeito de Maria. Antes, porém, queremos fazer algumas observações a respeito dessa figura tão notável e “agraciada”. A Maria que se tornou, por parte de muitos desse seguimento dito cristão, uma espécie de “deusa”, não é a Maria da Bíblia que Deus usou para trazer Jesus a este mundo. Não! Esta é outra Maria concebida dentro de uma mentalidade pagã, onde ela foi desfigurada e desumanizada. Como já disse, desde o início, não queremos ofender ninguém, mas falando de um sistema religioso, foi exatamente isso que se fez à Maria. Vejamos resumidamente algumas contradições:

A Maria da Bíblia, é receptora da graça de Deus. A outra, é doadora da graça. A Maria da Bíblia é serva do Deus Altíssimo (Lc 1:38), a outra é rainha do céu. A Maria da Bíblia, se alegra em Deus, seu Salvador (Lc 1:47), a outra é redentora e salvadora. A Maria da Bíblia, diz que Deus atentou para a humildade da sua serva (Lc 1:48), a outra é Mãe de Deus. A Maria da Bíblia, não teve relações com José até que nasceu Jesus (Mt 1:25), a outra permaneceu virgem. A Maria da Bíblia, deu à luz a Jesus, seu primeiro filho – primogênito – (Lc 2:7), depois vieram outros (Mt 13:54-56; Mc 6:3; etc.), a outra, a seu unigênito filho. A Maria da Bíblia é discípula de Jesus (At 1:14), a outra é mediadora e entra em  confronto direto com  a Palavra de Deus que afirma que há um só mediador entre Deus e os homens – Jesus Cristo, homem (1 Tm 2:5).

Finalizando, falo do nosso profundo respeito pela pessoa de Maria, mas lembro ainda que, certa vez, alguém disse a Jesus: “Bem-aventurada” aquela que te concebeu, e os seios que te amamentaram! Ele, porém, respondeu: Antes, bem-aventurados os que ouvem a Palavra de Deus e a guardam!” (Lc 11:27-28). O que Jesus estava dizendo aqui? Ele estava sustentando que muito mais importante e de muito maior valor, é a relação espiritual.  Veja: a outra Maria recebe muito mais atenção por causa da relação sanguínea com seu filho. No entanto, o Senhor valoriza muito mais a relação espiritual de todos que ouvem a Palavra de Deus e a guardam. 

Que o Senhor te abençoe ricamente. 

Pr. Natanael Goncalves

Obs.: Aproveito para pôr abaixo um vídeo interessante do padre Mario de Oliveira sobre a Virgem de Fátima.