Se a Bíblia for o livro de Deus para os cristãos, o guia perfeito de fé e prática que muitos dizem ser, então todos os ensinos religiosos devem passar por um confronto com a Palavra de Deus.  Se passam no teste bíblico devem ser aceitos e praticados, do contrário, rejeitados. 

É bom lembrar que fomos criados e inseridos dentro de uma cultura religiosa e qualquer pensamento oposto àquele que recebemos, temos a tendência de rejeitá-lo e ainda por cima sentimo-nos feridos. Não é nosso propósito machucar alguém, mas alertar e despertar para as verdades da Palavra de Deus. 

Por outro lado, lembramos ainda que as Escrituras nos proíbem acrescentar ou tirar qualquer coisa que lá está registrado. Citamos dois textos que se encontram no livro de Deuteronômio (edição católica ave Maria) capítulo 4:2 

“Não ajuntareis nada a tudo que vos prescrevo, nem tirareis nada daí, mas guardareis os mandamentos do Senhor, vosso Deus, exatamente como vos prescrevi”. 

Capítulo 12:32 

Cuidareis de fazer tudo o que vos prescrevo, sem acrescentar nada, nem nada tirar”. 

Posto este preâmbulo, o que a Bíblia diz sobre Maria? 

A Bíblia nos informa que Maria foi uma moça escolhida por Deus com o propósito de trazer Jesus ao mundo. Os detalhes quanto as informações bíblicas a respeito de Maria, bem como os crenças adquiridas e aprendidas constam nas publicações a seguir.

Pr. Natanael Goncalves