Tudo pela fé 

Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie (Efésios 2.8-9). 

Relacionamento com Deus 

Muitas pessoas agem como se estivessem solicitando um relacionamento com Deus. Como elas fazem isso? Elas apresentam a Ele seus certificados de batismo, sua ficha de inscrição de membro da igreja, seus diplomas de cursos na escola bíblica dominical e suas medalhas que demonstram elogios a si mesmas. Se alguém pensa que um relacionamento com Deus começa com um currículo de dignidade, pode rasgar esse papel. Deus não está à procura daqueles que se acham justos ou ainda daqueles que trabalham para fazer algo que os diferenciam do homem comum. Não. Ele está à procura daquele, cujo coração se sente indigno, mas que está pronto para responder em fé. 

O que Deus deseja de nós 

Quando a Bíblia fala sobre fé, não significa acreditar em alguma coisa. Significa crer na verdade revelada, isto é, crer na mensagem do Evangelho. As crianças acreditam na fada madrinha com a sua varinha mágica, mas eu creio no Senhor Jesus. Crer em Jesus significa receber Jesus. Quando você abre o seu coração e recebe a Jesus, você também recebe o que Ele tem, ou seja, a salvação pela graça. Se alguém não crê em Jesus, essa incredulidade manterá tal pessoa distante de Deus e fora do céu. Por outro lado, existem aqueles que pensam que fazendo isso ou aquilo de bom, conseguirão uma conexão com o Todo-Poderoso. A graça é a mão estendida de Deus que dá a vida eterna a todo aquele que crê em Cristo. A fé é a mão que a recebe. Assim sendo, podemos resumir em uma só palavra, tudo o que Deus deseja de nós: fé! 

Boas obras 

Não obstante, não entenda errado, pois alguns pensam que tudo o que eles precisam fazer é crer e receber e, a partir desse entendimento, acham que podem viver do modo como desejarem. Veja o que Paulo disse em Efésios 2.10: “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”. Sim, boas obras estão relacionadas à salvação, mas não do modo como as pessoas pensam. Boas obras não são o preço da salvação. Elas são a prova da salvação. Boas obras não produzem salvação. A salvação produz boas obras. Observe que Deus está sempre trabalhando. Quando, por sua graça, Ele oferece a salvação, Ele está trabalhando para você. Quando pela fé, você recebe a salvação que Deus lhe ofereceu, então, agora, Ele começa a trabalhar em você. À medida que você cresce nele, Ele produz boas obras trabalhando através de você. É assim que funciona. 

Conclusão 

A verdadeira bondade não é aquilo que faço para Deus. A verdadeira bondade é o que Deus faz através de mim. Uma pessoa não tem um relacionamento com Deus porque faz boas obras. Ele faz boas obras porque tem um relacionamento com Deus. Venho pontuando nesta pequena série que muitas pessoas, de forma figurada, estão no negócio errado. Elas pensam estar no caminho certo quando praticam ações que buscam o retorno da salvação. Assim sendo, essas pessoas acham que podem salvar-se a si mesmas. No entanto, esse negócio já nasceu falido. Se esta condição descreve você, feche logo as portas desse estabelecimento e clame a Deus pela salvação que Ele, por meio da Sua graça, oferece a todos. Por fim, abrace e receba a salvação de Deus pela fé. 

Que Deus em Cristo te abençoe, desde Sião 

Pr. Natanael Gonçalves